Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Audiência Pública sobre abastecimento d’água

Audiência Pública sobre abastecimento d’água

por snp publicado 03/05/2017 16h00, última modificação 04/05/2017 15h06
Aconteceu em Santa Filomena no sertão do Araripe de Pernambuco, na manhã de quarta-feira (03), uma audiência pública com vereadores, população e representantes de órgãos do governo do estado e prefeitura local, responsáveis pelos meios de abastecimento d’água do município, para discutir as ações e os problemas relacionados à CARRO PIPA NA ZONA RURAL, E COMPESA NA CIDADE.

A reunião não contou com o representante da Compesa como foi convocado pela Câmara, conforme informação passada pelo vereador Adelvan, o gerente regional da companhia informou que estava viajando à capital do estado.

Diante da ausência da Compesa, a audiência foi focada no abastecimento através de carro pipa. Onde o representante da Prefeitura, o secretário de agricultura Arnael Rodrigues e a gerente regional do Ipa, se prontificaram a expor os métodos de atuação dos órgãos, no abastecimento em Santa Filomena, questionados por vereadores e populares.

Fizeram parte da mesa na audiência pública, o presidente Wallace Mororó, os vereadores Adelvan de Campo Santo, Danúbio Macedo, Erin de Cícero Henrique, Ailton Souza, Geandro de Geni; a gerente regional do Ipa Marlene, o secretário municipal de agricultura Arnael Rodrigues, o representante do CMDRS Evandro, o presidente da Associação do Fidel Claudevan.

 Perguntas e respostas

Adelvan – Expôs os motivos de seu requerimento e respectivamente a convocação para a audiência: “as queixas da população de todo o município, principalmente da sede, que embora reclame tanto da falta e da qualidade da água da Compesa, não comparece nas reuniões e/ou audiências sobre o tema”, reclamou.

Arnael – Informou: “A Prefeitura tem 2 pipas locados pela secretaria de infraestrutura e tem o pipa do PAC. A Secretaria de Agricultura não tem carros pipas locados. No próximo mês serão contratados outros carros pipas;

Está sendo criada a comissão de fiscalização dos pipas do Exército. Os carros contratados pelo IPA são controlados pelo IPA e CMDRS; O responsável pelo cadastramento das pessoas para receber carradas de água pelos pipas da Prefeitura é o irmão Cirilo;

E que vai estar com governador Paulo Câmara na visita do mesmo ao Araripe, para solicitar contratação de mais carros pipas para Santa Filomena”. Adelvan – Sugeriu “que carros contratados pelo IPA e Prefeitura fiquem a cargo do CMDRS e Associações”.

Arnael – Disse que “as associações podem pegar relatório (levantamento) das pessoas que precisam receber carradas d’água pela Prefeitura e trazer ao irmão Cirilo para serem atendidas”.

Geandro – Disse que a qualquer momento pode entrar num colapso d’água, garantiu que a Prefeitura vai contratar carros pipas; que já tem 2 contratados e o do PAC;

Pediu a Marlene do Ipa “para levar o pedido ao governo do estado (Paulo Câmara), que forneça mais volume de carros para abastecer ao município;

Cobrou mais gente na audiência pública, que o povo deixa muito a desejar”.

Marlene – Começou falando que “é muito dinheiro para pouca água. O Ipa tem 5 carros contratados para pegar água nas barragens locais, colocar cloro e depois distribuir nas residencias;

O controle da distribuição de água por esses carros pipas deve ser feito através do CMDRS e Associações. Já o roteiro deve ser feito por representante do IPA;

Edicleide fica no comando do Ipa em Santa Filomena, é muito competente;

Os pipeiros tem que ter nome, CPF e assinatura dos agricultores beneficiados com água do Ipa, através de uma ficha de controle, para receber do governo do estado;

O prefeito indica pipeiros, para serem contratados, mas quem controla a distribuição de água é o Ipa. O Tribunal de Contas quer essa prestação de serviço documentada.

São 3 mil km que cada pipa tem que correr por mês”.

Adelvan – Disse que “se fosse assim era correto, mas perguntou ao representante do CMDRS, se está sendo feito assim, ele respondeu que NÃO.

Perguntou a Marlene “se os atrasos no pagamento aos pipeiros vai ser pago”, reclamando que “os pipeiros faz que bota água e o governo faz que paga”; ela respondeu que “nos próximos 15 dias sairá alguns pagamentos”.

Geandro – Sugeriu “rodízio na distribuição entre associações, já que a quantidade de pipas oferecidos pela Prefeitura não é suficiente”.

Adelvan – Culpou falta de força política na região do Araripe.

Geandro – Defendeu o governo: “falta de dinheiro” e foi apoiado por Marlene.

Wallace – Pediu a relação dos pipeiros contratados pelo Ipa e questionou que “os caros que trabalharam não receberam e foram contratados outros a partir de fevereiro”.

Marlene – respondeu que “o Ipa dispensou porque não estavam trabalhando”.

Wallace – Rebateu: “não estavam trabalhando porque não recebiam”.

Evandro – Lamentou por ter pouca gente na audiência;

Informou “que não há mais a parceria decretada pelo governo conforme decreto do ex governador Eduardo Campos;

Que o CMDRS não sabe como está sendo feito o controle na distribuição de água;

Que nunca mais assinou a ficha de controle;

Que o IPA tem que resolver a questão”.

Geandro – Continuou defendendo o governo do estado, “que o abastecimento pelo governo está sendo suficiente”.

Wallace – Perguntou “se Evandro não sabia das contratações dos pipeiros nem como era feita a distribuição de água”;

Evandro - Confirmou que “não”.

Wallace – Cobrou “que a gerente regional Marlene tomasse a frente do problema para resolver o caso”.

Claudevan – Disse que o IPA deve resolver o problema, “para os presidentes de associações não serem culpados por receber água e não distribuir”.

Ailton – Disse que “as carradas d’água do IPA não vão resolver as demandas do município. O governo do estado olha mais o lado político, para agradecer seus vereadores, do que o lado do povo;

Que Evandro não se iludisse de fiscalizar através do CMDRS, porque não vai resolver;

Que as coisas são levadas pro lado político;

Que a falta de técnico no Ipa é um descaso do governo;

Que todos os 5 carros do Ipa deviam ser colocados na Serra do Inácio”.

Adelvan – Disse “que entristece, por não ter mais pessoas presentes na audiência, apesar da divulgação feita em blog;

Que o prefeito envie à Câmara, projeto para criar mais vagas de pipa na prefeitura, que tem aprovação da oposição”.

Netinho (popular) – Disse “que o Ipa mudasse a forma de trabalhar, adesivando os pipas e obrigasse a despadronização dos carros que não tivesse mais trabalhando”.

Charles – (Blogueiro) – Disse que “o IPA é uma baderna quanto ao gerenciamento das demandas, sem prejudicar as pessoas locais e regionais, a frente do órgão; que a gerencia estadual do Ipa agia com descaso, desrespeito com a população do Araripe, frisando a falta de técnico e o método político do governador Paulo Câmara, por não ter vergonha de começar sua campanha no Araripe e não dar a mínima importância ao sertão, como é o caso dos pagamentos em atraso de todos os pipeiros da região”, repudiou.

Bosco (popular) – Disse para “Marlene reaver a situação a partir de agora”.

Netinho (popular) – Questionou “se carros do exército podem trabalhar no Ipa”.

Marlene – Respondeu que “não”.

Wallace – Agradeceu a Marlene, Arnael, CMDRS, Associações e População, enfatizando a reclamação pública de abandono do governador Paulo Câmara ao Araripe. “Que não é visto o empenho do governo no pagamento e fiscalização do abastecimento”.

Marlene – Disse que a partir de agora será mais presente em Santa Filomena.

« Outubro 2020 »
month-10
Do Se Te Qu Qu Se Sa
27 28 29 30 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31
Rádio Legislativa
If your video does not start playing shortly, please ensure that you have JavaScript enabled and the latest version of Adobe Flash Player (http://www.adobe.com/products/flashplayer/) installed.
Audio Player
More…
Pesquisa de Opinião

Gostou do novo portal?

Sim
Não
Pode melhorar
spinner
Total de votos: 55

Acesso à Informação

 

portal-da-transparencia

Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo